"Em Tiradentes desde 2008, Marco Ajeje tem no currículo 30 anos de trabalhos de restauração em igrejas e de telas de nomes como Van Dyck, além do que define como projeto de vida: criar móveis e objetos a partir de materiais reciclados e antigos artefatos como cochos, engenhos e gamelas, combinados a vidros, metais e pedras." 

Bruno Calixto para o caderno Boa Viagem do Jornal "O Globo" em 20/10/2015.